Segunda-feira de PAI OMOLÚ

Segunda-feira de PAI OMOLÚ
“A morte é um ato de vida”
Não fugiremos à Lei imutável de que há vida após a morte.
A verdadeira vida eterna é a existência do espírito que, após um período no astral, reencarna, voltando ao corpo material muitas vezes, para ampliar a consciência do ser e continuar o seu aperfeiçoamento e crescimento, no caminho rumo ao Criador.
Esta vida é apenas um estágio, no qual devemos adquirir compreensão para evoluir. Com a morte, muda apenas a vibração, pois o plano de vida passa ser o espiritual.
Portanto, vida e morte constituem um único ciclo de vida, no qual o nascimento corresponde à entrada na vida material e a morte na vida espiritual.
Pai Omolú é o orixá, fiel depositário do nosso corpo material quando o espírito se desprende dele. Ele é o orixá da terra, que nos aguarda até que sejamos chamados pelo nosso Senhor Olorum.
O que normalmente chamamos de morte é uma dissolução progressiva do indivíduo, que, ao desencarnar, se defronta com uma zona de transição entre o mundo da matéria e o mundo astral, denominada túnel da triagem.
Esse túnel escuro, possível de ser atravessado em frações de segundos, tem portas de entrada para o astral superior, que conduzem a zonas de repouso e regeneradoras, e portas de entrada para zonas trevosas do astral inferior.
Ao passar por esse túnel, bastam alguns segundos para que toda a vida do ser, suas ideias, seus preconceitos, seus comportamentos e suas crenças desenrolem-se como cenas de um filme.
Essa aferição dará seu direcionamento ao local que habitará após o desencarne, de acordo com suas afinidades com princípios positivos luminosos ou negativos e viciados.
Pai Omolú, de seu ponto de forças no campo-santo (cemitério), coordena todas as almas, após o desencarne, de acordo com a Lei Maior, mantendo-as no cemitério ou encaminhando-as ao Umbral (purgatório), onde também é o regente.
O Senhor Omolú é o chefe de todos os executores da Lei dentro da Linha das Almas e é, ele mesmo, o verdadeiro executor dos seres que caíram, por vários motivos, e que tem que purgar os seus erros no astral inferior.
Ele também recolhe os espíritos que, quando na carne, ofenderam o Criador, e que caíram nos planos sem retorno. Em todas as culturas o campo-santo um lugar sagrado, onde os corpos sem vida são devolvidos ao Criador Olorum.
Os mortos merecem o nosso respeito e devem ser lembrados com amor, pois tais sentimentos os auxiliarão em sua caminhada evolutiva.
A obrigação de todos nós é cuidarmos da vida na carne, da melhor maneira possível, com a coragem de colocarmo-nos frente à frente com os nossos vícios, erros, desejos e anseios.
É reconhecermos que somos imperfeitos e buscarmos sempre nossa melhora, envidando todos os esforços possíveis para vencermos a nós mesmos, mudando nossas atitudes em relação aos semelhantes e a nós, e caminharmos rumo ao Divino Criador.
Que Pai Omolú, o Sagrado Doador Da Vida, nos resgates e encaminhe para a evolução!
Atotoó!!!
#Taróloga Mel D’Oxum – Agende sua consulta comigo: Baralho Cigano, Tarot Búzios e TRABALHOS e MAGIAS ESPIRITUAIS.
WhatsApp: (21) 99253-3674
Site: https://www.meldoxum.com.br
Fanpage: https://www.facebook.com/meldoxum/
Email: mel@meldoxum.com.br
@meldoxum
🌻𝐓𝐀𝐑Ó𝐋𝐎𝐆𝐀 𝐌𝐄𝐋 𝐃’𝐎𝐗𝐔𝐌🌻#oraculista #consulta #baralhocigano #tarot #buzios #meldeoxum #meldoxum #Tarólogamel #tarólogameldeoxum #Mel #oraculistamel #oraculistameldoxum #oraculistameldeoxum #CiganaMel #Tarpologaciganamel #baralho #ciganoonline #taroonline #magia #trabalhosespirituais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *